Renault Duster 2023 – lançamento, novidades


O novo Renault Duster 2023 foi lançado com um propulsor mais moderno, capaz de oferecer mais torque.

Após sete meses do lançamento do Captur, a Renault lançou o Duster. O carro em questão também conta com o motor 1.3 turbo projetado em uma parceria entre esta montadora e a Mercedes Benz. Além disso, o Duster possui um propulsor mais moderno, capaz de oferecer mais torque.


Seguindo exatamente as previsões feitas, o Renault Duster chegou ao Brasil na sua versão Iconic, que é a mais equipada do carro. Em termos de preço, é possível afirmar que ele está sendo vendido por, em média, R$135,9 mil. Além disso, vale ressaltar que o carro também deve contar com uma opção com o motor 1.6 já conhecido dos clientes das Renault e ele poderá ser combinado ao CVT ou ao câmbio manual.


É válido pontuar que devido à chegada do motor 1.3 no Duster, este componente deixará de ser uma exclusividade do Captur, que pertence à gama francesa da marca em questão. Em termos de especificações técnicas, o motor é turbo flex e tem 162 cavalos de potência quando abastecido com gasolina. Quando se fala sobre o etanol, a potência chega a 170 cavalos. Além disso, o torque é um grande destaque e chega a 27,5kgfm. Logo, ele é o maior deste segmento de acordo com a Renault.


Val ressaltar que assim como aconteceu com o Captur, o Renault Duster tem um conjunto mecânico que trabalha com transmissão automática de CTV e possui simulação de oito marchas.


Entre as principais novidades incluídas no veículo, é possível citar que o SUV possui uma aceleração de 0 a 100km/h em apenas 9,2 segundos, muito superior à sua versão anterior. Em termos de velocidade máxima, o carro se mostra ainda mais empolgante, visto que é capaz de chegar a 190km/h. Outro aspecto interessante nesse sentido é que a montadora chegou a garantir que as reformadas estão mais rápidas em cerca de 36%, algo que pode ser considerado muito bem vindo para situações nas quais o veículo está carregado.

Em termos de consumo, o carro também consegue se destacar bastante. Nesse sentido, vale citar que ele recebeu nota A no selo do programa brasileiro de etiquetagem, promovido pelo Inmetro. Além disso, quando se fala sobre os gastos de combustível, quando o veículo circula nas estradas, ele consegue fazer 16,1km/L e nas cidades chega a 13,9km/L. Por outro lado, quando o Duster é abastecido com etanol, estes números passam por uma queda e ele faz 11,7km/L nas estradas e 9,9km/L nas cidades.

Também é importante destacar que esta nova geração do Duster aposentou em caráter definitivo o motor 2.0 aspirado flex. Desde o mês de março de 2020, quando as primeiras propostas do carro foram apresentadas pela montadora, ele passou a integrar a linha mais robusta da Renault, uma parte da montadora que estava precisando passar por um fortalecimento no período indicado.

Em termos de design, o carro também passou por algumas modificações para celebrar a sua nova fase. Nesse sentido, vale destacar que ele possui uma moldura frontal nos seus retrovisores e também possui algumas barras de teto, cujo acabamento é feito numa coloração preta brilhante. Este acabamento, porém, somente está presente em duas linhas do carro, a Intense e a Iconic.

Por fim, os equipamentos do carro também estão bastante interessantes. Os retrovisores são elétricos e possuem acabamento cromado. As rodas, por sua vez, foram feitas de liga leve com 17 polegadas. Além disso, o volante em couro e o sistema multimídia são atrativos bastante interessantes. Para quem gosta de recursos de segurança, vale destacar o sensor de estacionamento com câmera de ré. Aqueles que valorizam o conforto, por sua vez, vão se sentir satisfeitos com recursos como o ar condicionado e o sistema Multivew de quatro câmeras.

Por Amanda Guimarães Faria



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.