Jeep Renegade 2023 – preços


A versão mais básica do Jeep Renegade teve o valor de R$120 mil como preço sugerido. Quando se fala sobre a versão topo de linha do carro, os custos superam R$170 mil.

De acordo com os sites especializados em veículos automotivos, o Jeep Renegade era o SUV mais esperado deste ano. O modelo em questão chegou ao mercado nacional ainda em fevereiro de 2022 e desde então tem chamado a atenção dos consumidores devido aos recursos que oferece.


Devido aos fatos destacados, o Renegade se tornou o carro mais vendido no Brasil na sua categoria. Os dados revelados pela Fenabrave ao longo do último ano destacaram que o veículo em questão teve 73,9 unidades emplacadas no território nacional, de modo que ele ficou atrás apenas do Fiat Argo e do Hyundai HB20 quando se fala sobre vendas.


Assim, para conseguir manter a sua fórmula de sucesso, a Jeep apostou bastante em novidades. O Renegade recebeu algumas alterações em termos de design, mas o maior destaque da sua nova versão fica por conta da motorização. Nessa nova linha, o carro contará com o motor GSET4 1.3 turboflex. Ele já é usado em outros carros da Jeep, como é o caso do Compass. Além disso, se faz presente em veículos de outras fabricantes, como é o caso do Fiat Toro.


Ainda sobre o motor, vale destacar que ele tem a potência de 180 cavalos quando abastecido com gasolina e de 185 cavalos quando abastecido com etanol. Em termos de torque, o carro possui 27,5 e essa questão não conta com qualquer tipo de interferência do combustível escolhido.


Diante disso, é possível citar que este novo conjunto do motor chegou para substituir as versões do Renegade que possuíam motorização 1.8 aspirada e flex. Elas saíram de linha depois que algumas novas regras relacionadas à emissão de compostos poluentes foram implementadas.

Essa substituição terá alguns efeitos na versão de entrada do Jeep Renegade. Isso acontecerá especialmente em termos de tração, que passará a ser 4×2. Além disso, o carro contará com câmbio automático e seis marcas, o que vai torna-lo um pouco mais caro do que as versões anteriores.

Outra alteração significativa relacionada ao motor tem relação direta com a versão topo de linha do Jeep Renegade. De encontro a isso, é possível citar que este carro vai agregar o motor 1.3 turboflex e ele contará com transmissão automática. Além disso, terá a presença de nove velocidades e de tração integral.

Em termos de faixa de preço, é possível destacar que as mudanças citadas serviram para encarecer o modelo. Desse modo, a versão mais básica do Jeep Renegade teve o valor de R$120 mil como preço sugerido. Quando se fala sobre a versão topo de linha do carro, os custos superam R$170 mil.

As novidades, porém, foram tão caprichadas que acabam compensando o valor mais elevado. Segundo o divulgado pela Jeep em alguns teasers do carro, o seu design passou por alterações expressivas, mas conseguiu manter a identidade da marca, algo que é bastante amado pelos consumidores e cativou o público brasileiro desde que a fabricante fez a sua entrada no mercado nacional.

É válido destacar que a parte externa possui grades e para-choques completamente redesenhados. O mesmo se aplica às lanternas, que ganharão a tecnologia LED e um novo design, mais arredondado que o antecessor.

A parte interna do carro também passou por algumas modificações. Um detalhe bastante interessante é que no painel do Jeep Renegade aparecem gravadas as palavras Jeep 1941, ressaltando a tradição da marca e o seu histórico no mercado. Além disso, vale citar que o volante está completamente diferente, mesmo em relação a outros carros da fabricante. Por fim, as pessoas que gostam de tecnologia vão se sentir satisfeitas com o novo painel de controle do carro, que é completamente digital e possui uma tela de 10 polegadas, bastante grande.

Por Amanda Guimarães Faria



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.