Carro Usado – Como Saber se o Motor está com Problema



Confira aqui algumas dicas do que você deve analisar para descobrir se o motor do carro está com problema.

Quem está pensando em comprar um carro que não seja 0km, isto é, já usado, deve saber o quanto é válida a opinião e avaliação do veículo de um mecânico de sua confiança na hora de fechar o negócio. Essa é a maneira mais segura e também a mais simples de não comprar um carro que talvez por fora, pela funilaria e pintura, esteja parecendo bonito, mas que, na verdade, está com sérios problemas em seu motor, correndo o risco até de fundir.

Para ajudar aos motoristas que estão querendo comprar um carro usado é que preparamos este artigo com dicas valiosas para a checagem do motor e avaliação se ele está ou não com problemas. Fique atento!



Motor, o coração do carro

São inúmeros os pontos que se deve checar quando for realizar a compra de um veículo, seja ele seminovo ou usado. Mas o principal a ser avaliado é o motor, que pode trazer altos custos caso esteja com avarias, problemas e necessite de reparos e consertos, já que ele é considerado o coração do automóvel.

Motor rajando

Você já ouviu a expressão “motor rajando”? Ela é falada quando dentro do motor existem algumas peças que já estão desgastadas, até pela ordem natural do tempo de utilização do veículo. Esse desgaste provocam barulhos que podem vir de folgas no virabrequim ou nas bielas. Mas para avaliar esta real condição do motor, que provavelmente já tenha muitos quilômetros rodados por conta de ser usado ou seminovo, é preciso saber um pouco de mecânica para entender melhor as características deste problema.



Na marcha lenta

Quando o carro está com o motor rajando, mesmo quando ligado em marcha lenta é possível ouvir um barulho que lembra muito uma metralhadora, por isso ele foi apelidado desta forma. Isso também pode ser causa de uma grande folga nos casquilhos, também chamados de bronzinas, que acabam batendo contra as bielas e os colos dos mancais.

O que acontece é que muitas pessoas acham que esse barulho é normal em qualquer motor depois de um bom tempo de utilização. Mas saiba que não é bem assim.

Sem barulhos

Os novos carros contam com motores que forem criados para aguentar 200 mil quilômetros rodados sem barulhos. Mas também sabemos que um motor só consegue isso se passar, habitualmente, por manutenções de rotina. Caso isso não seja feito, com 20 ou 30 mil quilômetros logo se perceberá a rajada do motor.

Como resolver o problema

Caso opte pela compra de um carro usado ou seminovo e que esteja com o motor rajando, saiba que é quase certo que se precisará fazer a retífica da parte de baixo do veículo, pois é somente desta forma que se conseguirá resolver esta avaria.

É preciso também ficar atento onde irá se comprar o veículo, pois as vezes alguns vendedores acabam colocando aditivos ou lubrificantes grossos no motor com o objetivo de minimizar os ruídos provocados pelo motor com problemas.

Test Drive

Para saber qual é a real situação do veículo seminovo ou usado que você está querendo comprar, o indicado é realizar um test drive com o veículo, observando pontos como falta de potencia, ruídos e vibrações. Fique de olho também quando acelerar o veículo. Se você perceber, neste momento agitação ou hesitação é fato de que há algum problema. Tente testar o carro no maior número de situações possíveis, seja em rodovia, aceleração, trânsito, desaceleração e até mesmo aceleração.

O medidor de temperatura do motor que fica no painel também deve ficar em torno do meio. Você também deve ficar de olho no acionamento do eletroventilador do veículo.

Kika Akita

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *