Recall do Hyundai HB20 e HB20S 2016 2017 e 2018

Hyundai convoca proprietários dos carros HB20 e HB20S para recall devido a problema no Freio.

O motivo do recall foi exatamente o problema dos freios, mas para entender melhor o que é um recall, ficará explicado da seguinte forma: recall é quando as empresas que são responsáveis pela montagem e desenvolvimento do veículo, após a comercialização, descobrem a partir de análises que os veículos fornecidos apresentam alguma coisa que pode prejudicar com problemas maiores quem estiver no carro, sendo assim, é feita uma chamada para que quem possua veículos do modelo em que eles acharam esses “defeitos”, leve seu carro imediatamente para a correção.

Os modelos HB20 e HB20S foram convocados como citado no título por conterem problemas em seus freios, os 1.0 Turbo de Transmissão manual de seis marchas são os que devem receber da empresa o devido reparo, os mesmos foram produzidos entre 28 de janeiro de 2016 e 5 de fevereiro de 2018, tempo suficiente para a percepção do defeito pela empresa responsável pela montagem (Hyundai).

A Hyundai diz que todos os portadores dos veículos, quando levarem os mesmos para inspeção, terão os carros avaliados de acordo com duas possibilidades, como o problema se encontra especificamente na válvula de controle de vácuo do servo do freio, a primeira possibilidade será apenas aplicar o isolador térmico no local onde se encontra o problema que neste momento não apresenta defeitos. Já caso apresentado o defeito no local, a medida será a retirada da peça antiga e a colocação da nova que já está no modelo com isolador térmico.

Mas no que isso afetará no desenvolvimento da dinâmica do veículo ? A resposta é que a válvula se encontra perto de um local chamado conversor catalítico, e por estar perto deste conversor, a falta de isolador térmico pode lhe causar um ressecamento que afetará sonoramente em caso de defeito, será feito um barulho perceptível ao motorista, parecido com um assovio no motor. Além do efeito sonoro, a variação ou oscilação da marcha lenta pode ser outro detalhe notável para quem está na condução veicular.

Os modelos convocados para este recall são os com chassis que tem final: 561697 a 870541





Além dos problemas citados acima, outros podem afetar o desenvolvimento do veículo. Segundo a empresa, o ressecamento desse sistema de válvula poderá causar uma exigência maior de força ao fazer a frenagem do veículo, mas essa não é a maior dificuldade e sim o problema do motorista não estar acostumado com tal desconforto e isso poderá afetar tanto fisicamente quanto materialmente, o que ficaria ruim tanto para a empresa quanto para o motorista, onde a empresa deverá se responsabilizar por seu ato de não cumprir a segurança e ter erros de fabricação e o motorista por se lesionar fisicamente.

Mas afinal, no que importa o recall ? Será definido aqui a importância do recall tanto para a empresa quanto para o portador de um veículo que foi convocado para tal ação.

Para a empresa é de extrema importância o oferecimento de proteção e segurança total de seus compradores, isso terá um retorno de verba e confiança para eles, que seria a maior venda, por fornecer mais segurança e não haver tantas ocorrências de acidentes por erros de fábrica. Diminuindo também os gastos, que caso seja acidente por erros de fabricação, quem arcará com despesas será a própria montadora.

Já para o cliente condutor do veículo, levá-lo para a inspeção é de total importância, que além da importância com o veículo, é uma valorização a mais de sua vida, pois a certeza de seu mantimento em segurança, lhe trará um conforto maior.

Gustavo Martins dos Santos



Compartilhe esta notícia