Tabela FIPE Chevrolet Spin


Confira aqui os preços do Chevrolet Spin na Tabela FIPE.


Tabela FIPE Chevrolet Spin

No meio do ano de 2012 chegava ao Brasil um novo modelo da Chevrolet: A minivan Spin ou como alguns preferem, um modelo MPV ou multi-purpose-vehicle. O modelo contava com um motor 1.8 Econo Flex. Os consumidores teriam a sua disposição a transmissão manual e a automática. As versões de acabamento apresentadas foram a LT e a LTZ. As vendas foram iniciadas no mês de julho. Os preços iniciais partiam dos R$ 44.590.


Um dos grandes atrativos da Spin e que foi muito focado pela Chevrolet na época de seu desenvolvimento foi a disponibilização de um considerável espaço interno. Sendo assim, a Spin chegava ao mercado com uma missão dupla: Ela serviria de substituta de uma única vez para os modelos Zafira e Meriva. A versão apresentada possuía versões que permitiam espaço para cinco e sete passageiros. Além disso, a capacidade do porta-malas era interessante: Podia comportar até 1.668 litros.


O visual também seguia o novo padrão que agora era adotado pela marca. Entre os “sinais”, estão a grade dianteira bipartida (com um desenho bem semelhante ao que tinha o Cobalt) e os refletores bem aparentes no conjunto óptico.


Nas laterais do primeiro modelo da Spin os destaques ficavam por conta dos vincos situados sobre os para-lamas e que davam uma espécie de efeito de luz e sombra.

A Chevrolet andou trabalhando também nas lanternas traseiras, que segundo ela, visavam principalmente otimizar o fluxo de ar. Consequentemente, isso evitaria que as mesmas se sujassem facilmente ou que perdessem muita eficiência nos dias chuvosos. Na parte traseira também iríamos encontrar o aerofólio, pequeno e discreto, para ajudar na função aerodinâmica do carro.

Já agora, em 2016, assim como fez com o Cobalt, a Chevrolet também decidiu fazer algumas modificações no motor 1.8, no câmbio manual de seis marchas e também na direção com assistência elétrica. A marca chamou esse conjunto de melhorias de “Eco”. É interessante lembrar que na trajetória da Spin, essa será a primeira vez que o modelo irá contar com o sistema OnStar. Além disso, também vamos encontrar outras novidades na linha 2017 da Spin. Entre elas estão a grade frontal com movimentos automáticos com o objetivo de melhorar o desempenho e novas versões de entrada (LS) e intermediária (Advantage).

Essas duas novas versões irão fazer companhia para as já existentes LT, LTZ e Activ.

Por Denisson Soares


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.