Tabela FIPE Chevrolet Cobalt



Confira os preços do Chevrolet Cobalt na Tabela FIPE.

Apesar de muitos considerarem o Chevrolet Cobalt como um carro brasileiro e global, este sedan foi concebido originalmente para o mercado americano. Nos Estados Unidos ele permaneceu na linha de produção entre os anos de 2004 e 2010, mas pelo bem da verdade depois disso ainda tivemos algumas versões esporádicas. De qualquer forma, depois que parou de ser produzido o Chevrolet Cruze é que ficou em seu lugar.



Em terras americanas, o Cobalt era disponibilizado tanto como sedã quanto como cupê. Entre as opções que foram oferecidas ainda íamos encontrar a Super Sport. Tecnicamente ele foi baseado na chamada plataforma Delta. Esta, por sua vez, também era compartilhada por outros modelos da Chevrolet, entre os quais o Astra, Pontiac G5 e o HHR. Todos os modelos do carro saíram da planta da GM situada em Lordstown, no estado de Ohio. Apesar de quase ninguém se importar com o fato, a Agência de Proteção Ambiental Americana classificou o carro como sendo um subcompacto.

A partir de 2009 a Chevrolet colocou no mercado o sucessor do modelo: o Chevrolet Cruze. Primeiro, “o substituto” foi vendido no mercado europeu. Um ano depois, em 2010, é que a GM ofereceria o Cruze para os consumidores americanos. Ainda assim, a fabricação do Cobalt seguiu até o mês de junho de 2010. No ano seguinte, apenas para o mercado latino-americano é que uma nova geração foi lançada.



Nesse meio caminho o Cobalt passou por péssimos momentos no ano de 2007, quando 98.000 cupês, que foram fabricados entre 2005 e 2006, tiveram que ser retirados do mercado. A questão era clara: Eles não atendiam aos requisitos de segurança. A falta de proteção encontrada nessas versões poderia, em um eventual acidente, ocasionar lesões sérias na cabeça dos motoristas. Mesmo assim, a GM, na época se manifestou e defendeu que a lesão somente aconteceria caso o condutor não estive usando o cinto de segurança.

Leia também:  Tabela FIPE Chevrolet Corvette

Já em março de 2010 a coisa foi ainda mais longe quando a GM se viu obrigada a fazer um recall envolvendo 1,3 milhão de compactos somente nos EUA. Claro que entre eles estava o Cobalt. Desta vez, o problema tinha a ver com a direção assistida.

Quando surgiu em 2004, o Cobalt chegava ao mercado com o objetivo de ser o substituto para o já velhinho Chevrolet Cavalier.

Por Denisson Soares

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *