Tabela FIPE Chevrolet Chevette




Preços da Tabela Fipe para Chevrolet Chevette

Legenda:
G = Gasolina ou Flex
E = Etanol
D = Diesel

1993

  • Junior 1.0 (G): R$ 7.477,00
  • L / SL / SL/e / DL / SE 1.6 (G): R$ 8.672,00

1992

  • Junior 1.0 (G): R$ 6.467,00
  • L / SL / SL/e / DL / SE 1.6 (G): R$ 7.675,00

1991

  • L / SL / SL/e / DL / SE 1.6 (G): R$ 7.049,00

1990

  • L / SL / SL/e / DL / SE 1.6 (G): R$ 6.304,00

1989

  • L / SL / SL/e / DL / SE 1.6 (G): R$ 6.100,00

1988

  • L / SL / SL/e / DL / SE 1.6 (G): R$ 5.874,00

1987

  • L / SL / SL/e / DL / SE 1.6 (G): R$ 5.378,00

1986

  • L / SL / SL/e / DL / SE 1.6 (G): R$ 4.966,00

1985

  • L / SL / SL/e / DL / SE 1.6 (G): R$ 4.436,00

Confira aqui os valores do Chevrolet Chevette na Tabela FIPE.

A General Motors lançou o Chevrolet Chevette aqui no Brasil em 1973. Durante 3 (três) anos, 1.600 (mil e seiscentos) funcionários foram trabalhando exclusivamente na produção do então chamado "Projeto 909". A ideia surgiu em 1962 e ganhou força após uma pesquisa de mercado 3 (três) anos depois, onde um mercado de carro de porte médio-pequeno e médio-grande foi detectado.

O chamado "Chevette sedan 73" foi o primeiro carro pequeno da Chevrolet e veio com um motor especialmente desenvolvido, de 68 HP a 5.800 RPM e com 1.400 cm³.


Três exemplos de itens de segurança que se destacaram no seu lançamento foram o sistema de direção não perfurante, o sistema de freio (que era hidráulico com duplo circuito e independente nas rodas dianteiras e traseiras) e o pisca-alerta, que era superior aos exigidos pelo Contran.

Nos anos de 1977 a 1981 e em 1987, uma versão com 4 (quatro) portas do Chevette foi lançado para exportação e apenas alguns carros ficaram no Brasil. De 1980 a 1987, o Chevette ganhou a versão hatch, que foi recorde de lançamento com 94.816 carros vendidos no Brasil. O Chevette também serviu de inspiração para o chamado "Marajó, o que seria a versão Station Wagon (1981).

Um fato histórico aconteceu em 1980, no dia 8 de fevereiro, quando o Chevette de número 500.000 foi produzido. Neste mesmo ano, no dia 2 de julho, a montadora lança o motor 1.4L a álcool.


Em 1983 o Chevette passou por uma mudança completa. Sua lataria foi redesenhada, sem perder algumas características principais, o câmbio agora tinha 5 marchas e o motor era 1.6, com carburação simples ou dupla, a gasolina ou a álcool. Dez anos depois, em 1993, o Chevette ganhou a versão Júnior com motor 1.0 e motor 1.4 para exportação.

Devo mencionar que em 1983 surgiu a Chevy 500, uma picape que teve a sua origem do Chevette e foi produzida até 1995.

Cerca de 1,6 milhões de Chevettes foram produzidos em 83 como modelo 84 e a sua produção foi finalizada no dia 12 de novembro daquele mesmo ano. Esta linha de produção tinha 2.813 metros e estava operando na cidade paulista de São José dos Campos.

Por: Fernando Dias

Compartilhe esta notícia