Tabela FIPE Chevrolet A-10





Preços da Tabela Fipe para Chevrolet A-10

Legenda:
G = Gasolina ou Flex
E = Etanol
D = Diesel

1989

  • 2.5/4.1 (G): R$ 11.117,00
  • De Luxe 2.5/4.1 (G): R$ 11.360,00

1988

  • 2.5/4.1 (G): R$ 10.021,00
  • De Luxe 2.5/4.1 (G): R$ 10.385,00

1987

  • 2.5/4.1 (G): R$ 9.045,00
  • De Luxe 2.5/4.1 (G): R$ 9.907,00

1986

  • 2.5/4.1 (G): R$ 8.620,00
  • De Luxe 2.5/4.1 (G): R$ 9.261,00

1985

  • 2.5/4.1 (G): R$ 7.896,00
  • De Luxe 2.5/4.1 (G): R$ 8.440,00

Confira os valores do Chevrolet A-10 na Tabela FIPE.

Pense em uma picape potente, confortável e bonita. Pensou? Acertou quem pensou na Chevrolet C10, que foi uma das picapes mais marcantes que a Chevrolet lançou e que agradou a muitos pela sua excelente qualidade, durabilidade e resistência, além do espaço que oferecia com muito conforto e possuía uma beleza diferenciada

A Chevrolet C10 surgiu no ano de 1974, em duas versões, sendo a primeira a de mais sucesso com três lugares (um banco único) e a cabine dupla, com seis lugares. Desde o seu lançamento fez muito sucesso, conseguindo atender às necessidades dos brasileiros, pois podia ser usada para passeio ou trabalho, pois tinha a capacidade de 750 litros.




Criada a partir de um material especial que oferecia muito mais resistência, quando comparada a outras, inclusive com as atuais, contava com uma suspensão desenvolvida com um sistema independente, na traseira e na dianteira, o que garantia resistência e maior conforto dos ocupantes. O motor que para a época era de muita qualidade, era de 4.3 litros e 151 cv, mas o que realmente fazia diferença era o torque, que mesmo com o peso não comprometia a sua autonomia e eficiência. seu motor exibia potência e silêncio.

O ponto menos agradável da C10 era o sistema de freios, que funcionava com tambor nas quatro rodas, sem sistema de hidro vácuo, que por um desajuste poderia levar a falha dos freios ou ainda travamento das rodas traseiras, o que exigia revisão mecânica frequente. Outro fator desagradável era o seu custo elevado.


A picape C10 colocou a Chevrolet como líder nacional no segmento de picapes. Porém, a crise do petróleo fez com que as vendas caíssem, pois seu motor era a gasolina e as pessoas preferiam investir em outros automóveis que não utilizam esse combustível. A Chevrolet, na intenção de driblar a crise, tentou atrair os consumidores com a inclusão de alguns itens, como freios a disco, câmbio de quatro marchas e outros que acabou por não conseguir mantê-los. Ainda assim, não funcionou, o fluxo de vendas da picape continuou a cair e com a queda das vendas a picape C10 teve sua trajetória de sucesso encerrada no ano de 1981.

Sirlene Montes

Compartilhe esta notícia