Audi Q8 – Novo Utilitário Concorrente da BMW X6





Modelo deverá ser mais esportivo que o Q7.

Das marcas alemãs de maior prestigio, o de número oito demonstra andar bastante em alta. Ao passo que a BMW planeja a volta da Série 8 como cupê de luxo, a revista inglesa Autocar aproveita para divulgar que escolha da Audi foi o Q8 como indicação de seu atual utilitário esporte, já de olho na linha 2018, para concorrer de frente com a BMW X6, Mercedes-Benz GLE Coupe e Range Rover Sport.

Exatamente como acontece com os modelos em relação ao X5, o GLE simples e o Range Rover tradicional, o Q8 poderá se mostrar uma opção mais esportiva ao Q7, com teto rebaixado, parte de trás mais inclinadas e linhas menos comportadas. Seu comprimento chega quase a cinco metros.




A respeito da arquitetura do novo Q8, a BMW e a Mercedes pretendem empregar a mesma estratégia MLB do Q7. Os motores serão a gasolina, diesel e integração total permamente. Porém, até lá a Audi usará a nova linha de unidades V6 e V8 a gasolina com construção modular, 500 em cada cilindro e 90 no meio das bancadas. Nomeado como KoVoMo ou Konzern Vee Otto Motoren (motores Otto em V modulares, traduzido livremente em alemão). Uma nova versão começa a ser desenvolvida em paralelo à Porshe, as duas pertencem ao grupo Volkswagen e mais, existe a possibilidade de um SQ8 com o V8 a diesel e com o compressor elétrico do SQ7.

A fim de manter o peso do novo Q8 equilibrado e bem abaixo dos 2.000 quilos nas versões topo, será utilizado grandes quantidades de alumínio no monobloco. A tecnologia também é outro item que será bastante explorado como, sistema elétrico de 48 volts e direção exclusivamente automatizada. Além disso, serão aplicados painéis com mostradores de Leds orgânicos.


O usuário pode aguardar, pois o Q8 será um dos sete SUVs lançados pela Audi até o final da década: os outros são substitutos do Q3 e Q5, e os ainda desconhecidos Q1 (plataforma do A3), Q4 (versão mais esportiva do Q5) e o Q6 (elétrico e muito parecido com o E-Tron Quattro).

Atualmente os modelos da linha Q (2, 3, 5 e 7) são responsáveis por um terço de vendas da marca no mundo todo.

Por Ruth Galvão

Compartilhe esta notícia