Fiat Tempra – Modelo Antigo tem Boa Mecânica e Ótimo Preço





Apesar de ser mais antigo, modelo ainda chama a atenção e atrai consumidores pelo seu preço e mecânica.

A Fiat, nos seus 40 anos de história no Brasil, emplacou e muitas vezes com um relativo sucesso diversos modelos de carros que se tornaram populares entre o público brasileiro. O Uno/Mille/Novo Uno, Palio e o mais recente, o Mobi, são os exemplos máximos de carros fabricados pela empresa que marcam até hoje e constantemente são vistos pelas ruas brasileiras.

É notável a dificuldade que a empresa teve para emplacar em nichos de automóveis mais refinados. Em 1991, eles conseguiram romper parcialmente este estigma e se infiltraram no segmento de médios.




O Toro é o modelo responsável por este fato, sendo fabricado em parceria com a Jeep e é considerado pelos usuários do carro como cheio de força e personalidade. Outro modelo, anteriormente lançado na Itália em 1990, o Fiat Tempra, veio com avanços no estilo em relação aos concorrentes. Com um capô e portas mais prolongados e que pareciam saltar sobre a carroceria e invadir o para-brisa. Além de uma traseira imponente e um interior com bastante equipamentos, que para os consumidores da época foram vistos como avanços tecnológicos, dando ao carro o status de “mediano de luxo”.

O carro no Brasil ganhou um simbolismo devido aos seus recursos práticos, que não eram de costume para os brasileiros. Ouro era como foi nomeada pelos brasileiros a série de topo do carro (com motor de 16 válvulas, 127 cv e 2.0 aspirado), enquanto a versão mais simples foi apelidada de Prata (oito válvulas, 105 cv, sendo um 2.0).


Uma das maiores vantagens de quem deseja adquirir o veículo, ainda mais se for um Tempra “das antigas”, está no fato do carro mesmo em bom estado e contando com um pouco de sorte, poder ser localizado para compra com um preço bastante camarada. Além de ser um possante de respeito, claro!

Os defeitos aparecem no grande porte do sedã, o que dificulta certas manobras para motoristas menos experientes e a dificuldade de manter o carro com peças originais e ter que realizar manutenções constantes.

De acordo alguns proprietários do Fiat Tempra, o carro até hoje é bastante cobiçado e assediado, pois mesmo depois de 25 anos do seu lançamento, o carro continua a chamar atenção por onde passa, com seu contraste caracterizado por outros como de “um fiel carro de mafioso”. Sendo que após adquirir o veículo, os proprietários permanecem com o mesmo por uma grande quantidade de tempo, tornando-se quase que uma relíquia da família.

Por Denisson Soares

Compartilhe esta notícia