Recall do Fiat 500 no Brasil – Problema na Embreagem





Montadora convoca donos de 16.193 donos do modelo 500.

A montadora italiana Fiat, que após se fundir com a Chrysler adotou o nome FCA, lançou uma nota nesta quinta-feira, dia 16 de junho, na qual faz uma alerta a todos os proprietários brasileiros do modelo retrô Fiat 500, o qual soma um total de 16.193 unidades, entre os anos de 2012 e 2016. De acordo com a marca, os veículos equipados com câmbio manual possuem uma possível falha em sua embreagem.

São diversos chassis envolvidos nesta falha citada acima, eles iniciam no 3C3FFBR1CT100677 e vão até o 3C3AFFAR1GT173711.




Conforme o comunicado publicado pela companhia, o curso em excesso do pedal de embreagem pode chegar a impossibilitar a alteração de marchas e, assim causando a perda de tração das rodas do veículo.

A empresa fabricante informou que ainda não possui qualquer tipo de solução para o referido problema e prometeu que irá convocar os donos dos veículos para a segunda fase da campanha de recall, assim que a solução estiver disponível, com agendamento para que o problema possa ser reparado.


Sendo assim, a FCA não divulgou nenhuma medida de prevenção. Os proprietários, em caso de dúvida, poderão entrar em contato com a montadora através do telefone 0800-7071000 (ligação gratuita)

O chamado é de extrema importância, pois não há recall por defeito que não seja sério. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), o chamado deve ser realizado sempre que houver um defeito de fabricação, o qual ponha em risco a vida de seu proprietário.

Assim que anunciado o recall, não há data limite para que o mesmo seja feito. Desta forma, a montadora pode apenas determinar uma data para que o atendimento seja iniciado, mas não pode definir uma data para o fim.

Se o cliente tiver qualquer tipo de problema, seja lentidão no reparo, mau atendimento ou demora no agendamento, o mesmo deve realizar uma denúncia diretamente no Procon local. Lembrando também que os reparos devem ser gratuitos em sua totalidade.

Embora o conserto seja de extrema importância, muitos ainda deixam de levar seus veículos até a concessionária. De acordo com um levantamento realizado recentemente, mais de 50% dos 2,82 milhões de carros que foram convocados para recall no ano de 2015 ainda não compareceram ao chamado.

FILIPE R SILVA

Compartilhe esta notícia