Carros usados – Como saber se estão em boas condições





Seguindo algumas dicas é possível saber se o carro está em boas condições de uso ou não.

No momento em que você vai comprar um carro usado são vários os pontos que devem ser observados. Mas quais são as melhores dicas para você saber se o passado desse automóvel não vai comprometer o seu futuro?

Olho vivo:




Sempre fique de olho em coisas como nas junções das peças do veículo, no interior da caixa de rodas, se aconteceu algum tipo de alteração ou remoção das massas de vedação. As massas em questão são camadas de PVC que são aplicadas no veículo para que não aconteça a infiltração de água. Em automóveis usados essas massas podem ficar cobertas por algumas crostas de terra. A preferência é para os carros que apresentem as caixas de rodas limpas.

Carros batidos:


Uma boa dica para poder verificar se o carro foi batido é olhar se há vãos na porta, sejam muito fechados ou abertos, ao redor do automóvel. Não é nada bom se você notar que há diferenças entre um lado e o outro do veículo. Preste atenção também na escassez de acabamentos e pinturas com escorrimentos. Tudo é indício que o carro já foi reparado.

Carros que passaram em enchentes:

A água vai afetar o automóvel por completo. Isso vai desde a carroceria, parte eletrônica e elétrica, uma vez que os contatos tendem a ficar enferrujados. Desta maneira, alguns itens dos veículos podem ficar sem o seu funcionamento correto. Outro ponto negativo é o cheiro ruim que o veículo vai ficar e que denuncia também que passou por uma enchente. Vestígios de terra, faróis com água ou que estejam oxidados, carpetes descolados e estufados, tudo isso pode apontar que o mesmo já sofreu com água.

Identificação do motor:

O propulsor também conta com um número de identificação, assim como o carro tem o chassi. Caso os números não batam, uma empresa especializada deve fazer a verificação deste motor.

Para que você saiba que o motor está em um estado bom de uso, verifique o seu funcionamento, se há vibrações excessivas, se a aceleração falha, se o mesmo não queima óleo (a dica é passar o dedo dentro da ponteira do escapamento quando está frio), entre outros detalhes que um bom mecânico de confiança deve observar.

O câmbio:

Automático – Verifique se não estão lentas as trocas de marcha ou se é necessário uma rotação maior do propulsor para que isso ocorra.

Mecânica – Observe os ruídos e a dificuldade para acontecer o engate da marcha, pois podem ser sinais que os componentes internos estão desgastados.

Analisar carros usados

Compartilhe esta notícia