Venda de carros usados aumentou mais de 4% no 1º semestre





Foram vendidos mais de 4,979 milhões de carros usados em todo país no 1º semestre de 2015.

A venda de carros usados teve aumento de mais de 4% nos seis primeiros meses deste ano, segundo o site “Exame”. A reportagem do portal se baseou em dados publicados pela Fenauto (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores).  Desde o início de 2015 até o mês passado, foram vendidos mais de 4,979 milhões de carros em todo país.

Curiosamente, o ano de 2014 teve mais procura por carros novos e neste ano, de acordo com o site “Exame”, os carros novos tiveram um recuo de 20,7% nas vendas, se comparado a dados do ano passado. O eletricista Ricardo Santiago, 29, comenta que está arrependido de ter comprado um carro zero, no caso um modelo Fox. “As parcelas estão salgadas, ainda faltam mais de 36. Eu deveria ter esperado um pouco mais, ou mesmo, ter comprado um carro mais velho e menos caro”.




A vendedora Juliane Pereira, 30, estava disposta a comprar um carro zero, mas optou por um modelo usado, no caso, um Palio 2010. Ela explica que o valor foi justo e as parcelas estão adequadas ao seu orçamento.

“Antes de tomar a decisão, eu coloquei muito no papel todos os gastos e percebi que um modelo zero km poderia ficar caro para o meu bolso. De fato, a compra do usado foi a melhor decisão, neste momento. Mas nada impede que daqui a algum tempo, um ou dois anos, talvez, eu troque o modelo por um carro novo”, afirma.


Dicas sobre carros usados:

Os especialistas afirmam que ao optar por um veículo usado, antes de fechar negócio, é importante estar atento a questões como peças, manutenção e estado do carro.  É essencial consultar, se possível, a opinião de um mecânico ou funileiro de confiança. Segundo o “Guia Quatro Rodas”, em reportagem de Rodolfo Parisi, existem ainda empresas que podem avaliar as condições do veículo, por meio de laudos ou perícia. 

Por Letícia Veloso

Comprar carros usados

Fotos: Divulgação

Compartilhe esta notícia