Procura por consórcios de carros está em alta no Brasil





Sabe aquela frase "Não está fácil pra ninguém!"? Bem, ela é exatamente a tradução do que está acontecendo atualmente no setor automobilístico aqui no Brasil.

Com um aumento expressivo nas vendas de carros usados mediante consórcio, a contratação de crédito direto ao consumidor tem diminuído. Não é só o setor de consórcio de veículos usados que tem aumentado, o de motos e veículos pesados também cresceu nestes últimos tempos se comparado ao mesmo período no ano passado (janeiro a setembro de 2013).




Segundo a opinião de especialistas na área, a razão pela qual o setor vem se mostrando mais forte é o fato dos consumidores brasileiros estarem com um nível de confiança de compra abaixo do que vinha sendo registrado. Outra razão que explica a diminuição de compra por CDC é a estagnação da economia, isso impossibilita que as pessoas possam pagar mensalidades mais elevadas, por consequência, buscam outros métodos de acesso aos veículos.

Analisando a contribuição das novas leis dentro do segmento, entende-se que as exigências para que certos componentes sejam peças obrigatórias dos carros, motocicletas e caminhões, torna a compra mais onerosa e limita a possibilidade de compra. Visto em formas gerais, a presença de itens obrigatórios determina o aumento nos preços dos veículos novos, isso contribui para o incremento da compra de veículos usados. 


Um dado importante é que por meio do consórcio, nos meses entre janeiro e setembro deste ano, houve uma diminuição de 0,29% na compra de veículos novos em comparação com a situação registrada nessa mesma época no ano passado.

Para os consumidores, o consorcio é um investimento. Ele é ideal para quem quer comprar um carro e não tem pressa em usá-lo. As parcelas de baixo valores favorece a procura por consórcios, muitas pessoas que não têm crédito suficiente para obter veículos por meio de bancos acaba optando por comprar mediante consórcios principalmente por essa razão.

Se você está pensando em entrar num financiamento, informe-se, saiba exatamente todos os detalhes da compra e da transação. Não fique com dúvidas sobre nada, evite comprar no primeiro contato, seja prudente e busque sempre o melhor custo-benefício. 

Por Melina Menezes

Cons?rcio de carros

Foto: Divulgação

Compartilhe esta notícia