Dicas de como negociar a dívida de financiamento de carro

  

  

"Está cada vez mais fácil comprar seu carro!", é o que temos ouvido por aí, mas será que está mesmo? Será que todas as famílias contam com uma renda e com uma estabilidade financeira que lhes permite adquirir um veículo?

Infelizmente, muitas pessoas não estão fazendo este questionamento e vão comprar um carro no intuito de que financiando em vários meses poderão pagar facilmente. Acontece que muitas pessoas acabam atrasando o pagamento das parcelas e aí vem aquela dúvida: o que fazer agora?


Quando compramos um carro e optamos pelo parcelamento, imaginamos que iremos pagar as parcelas em dia, pelo menos essa é a nossa intenção. Esquecemos que muitos problemas poderão surgir e impedir que o pagamento das parcelas seja feito, por exemplo, a perca de um emprego, um problema de saúde, um gasto inesperado, entre muitos outros.

Se acontecer de você atrasar as parcelas do carro, a primeira coisa a ser feita é sentar e verificar quais serão as consequências, por exemplo, serão cobrados juros, poderá ter ainda multa pelo atraso no pagamento das parcelas e há, inclusive, o risco de perder o automóvel. A partir do terceiro mês de atraso no pagamento das parcelas, o banco já poderá, por lei, entrar com uma ação na justiça e solicitar a apreensão do seu carro.

Acontece que, não é aconselhável para você optar pela devolução amigável, pois neste caso vai acontecer o seguinte: seu carro lhe será tirado e vendido para outra pessoa. Este dinheiro não irá pagar a sua dívida e além de você ficar sem o carro ficará também com uma imensa dívida para pagar, que será acrescida de juros, multas e correções.

  

A melhor saída, no caso de você atrasar o pagamento das parcelas do seu carro, é procurar a instituição financeira e tentar negociar o valor total da dívida. Mostre-se disposto a pagar, porém, não aceite a primeira proposta que o banco lhe fizer, negocie e se for o caso procure o Procon. O importante é que você quer pagar sua dívida, mas desde que não haja cobrança de juros abusivos.

Assim que você conseguir renegociar essa dívida, aí você irá vender o carro e com o dinheiro pagar a dívida. Você ficará sem o carro, mas em compensação, não ficará com nenhuma dívida. E dependendo do valor, você poderá até quitar toda a dívida de uma só vez, após a venda do veículo, neste caso, poderá pedir um bom desconto, já que está disposto a quitar todo o valor de uma só vez.

Por Russel

Carro financiado

Foto: Divulgação

Compartilhe esta notícia