Dicas de manutenção dos freios dos veículos





Você costuma escutar seu carro? Alguns baralhos podem indicar sérios problemas e se não forem ignorados podem ser de fácil solução. Quando os freios começam a fazer barulhos, por exemplo, é hora de levar o carro a um mecânico de confiança para fazer uma revisão geral desse item. Geralmente os barulhos se dão devido ao consumo das pastilhas, mas não só por isso. Aí que mora o perigo, é preciso ficar atento.

Se forem as pastilhas de freio basta trocá-las. Mas também pode ser o material da pastilha que é de má qualidade, ou muito dura, ou ainda a flutuação da pastilha na pinça de freio além de contato irregular das pastilhas com o disco de freio.




O material de atrito desgastado também é bastante comum, as lonas nas rodas traseiras e as pastilhas nas rodas dianteiras.

Uma boa solução é trocar as peças. Mas existe outro culpado, o disco de freio que fica fixado na roda, sua função é segurar os movimentos giratórios da roda e no momento em que toca nas pastilhas pode produzir um barulho bastante desagradável se houver defeito, como irregularidades nas superfícies.


Outra razão, pode ser o acúmulo de sujeira, principalmente em dias chuvosos onde a concentração de poeira aumenta.

Porém, mesmo sem o barulho, fique atento, pois é necessário revisões e trocas com determinada frequência, em torno de dez mil quilômetros ou um ano é recomendado tais ações. Afinal é um dos principais itens de segurança.

Lembre-se que o freio de mão é um complemento, que embora não esteja ligado diretamente  ao freio que citamos, também precisa de regulagem constante, com dois ou três estalos o veículo deve ficar completamente parado, isso significa que está tudo bem. Qualquer outra situação merece atenção, se o freio de mão estiver alto o melhor é procurar um mecânico para regulá-lo, ou então é hora de uma revisão geral nos freios, que mesmo sem barulhos podem estar gastos.

Por Vivian Schetini

Freios de carros

Foto: Divulgação

Compartilhe esta notícia