Queda nas vendas de veículos em Itapetininga (SP)





Já não é mistério para quase ninguém que as montadoras e concessionárias de veículos vêm passando por inúmeras dificuldades. Quanto às concessionárias, a principal dificuldade tem sido a baixa na venda de veículos "0 KM". Na cidade de Itapetininga, no estado de São Paulo, a situação não é diferente. Nesta cidade, segundo informações da Federação Nacional de Concessionárias, em relação a julho do ano passado, as vendas do mês de agosto de 2014 caíram 7,38%; já em relação ao mês de agosto de 2013, a porcentagem é mais "assustadora", chegando à casa dos 17,12%.

Com a diminuição do número de vendas, somada à crescente desistência de clientes que desejavam a compra de um carro novo, não são raras as promoções nas concessionárias, mas mesmo assim, a cada dia que passa, diminui mais a encomenda de veículos nas montadoras.




Ainda com relação a Itapetininga, cidade citada como exemplo da crise nacional, os funcionários de concessionárias vivem uma situação de instabilidade profissional já há um bastante tempo; a princípio a meta é não demitir ninguém, conforme levantamentos nas concessionárias, mas que para isso se torne realidade o atual cenário de vendas tem que mudar.

A fase de inúmeros financiamentos "a perder de vista" tem minguado periodicamente, ainda mais pelo número de automóveis que se encontra na "praça". Com as eleições na iminência de acontecerem, não é de se esperar nenhum incentivo diferenciado por parte da União, dos Estados e muito menos dos municípios, como no caso de Itapetininga.


Para os interessados em conhecer a supracitada cidade, que conta com população perto da casa dos 150 mil habitantes, a cidade se localiza a 170 km de São Paulo, capital do estado, faz divisa com Capela do Alto, Alambari, São Miguel Arcanjo, e é famosa pelas feiras de veículos usados e seminovos, as quais acontecem periodicamente,  o que pode contribuir ainda mais pela queda no número de vendas de veículos novos.

Por Vinicius Cunha

Venda de ve?culos

Foto: Divulgação

Compartilhe esta notícia