Toyota espera Aumentar as Vendas no Mercado Norte-Americano em 2014



Segundo um executivo da Toyota, a montadora japonesa espera que o mercado de veículos americanos continue com uma recuperação moderada em 2014, mesmo com as vendas tendo caído no mês passado.

Como já se esperava, a companhia aumentou a sua previsão de lucro operacional para um recorde de 2,4 trilhões de ienes, cerca de US$ 23,7 bilhões. Além disso, a montadora estima que as vendas no mercado norte-americano cresçam de 15,58 milhões de veículos para aproximadamente 16 milhões.



Entre outubro e dezembro, a montadora teve um lucro operacional de 600,5 bilhões de ienes. Este valor chegou a quase cinco vezes mais que o resultado da empresa no ano anterior.

As incertezas que a Toyota vem enfrentando em mercados emergentes já representam 45% de suas vendas no mundo. O detalhe assustador é que a empresa ainda estão sob pressão, devido ao fim dos estímulos monetários promovidos pela Federal Reserve.



Takumi Hoshi, analista do setor automotivo da Toyo Securities explica: “Por causa dos riscos existentes em mercados emergentes como os chamados 'cinco frágeis' (incluindo Indonésia e Brasil), o desempenho das vendas da Toyota nos mercados desenvolvidos será cada vez mais importante para manter sua lucratividade”.

A montadora japonesa ainda tem bastante espaço para aumentar a sua lucratividade na América do Norte, onde a margem operacional foi de 5,2% entre outubro e dezembro, ante 9,1% na média de seus negócios no mundo.

Vale lembra que meses atrás a gigante japonesa iniciou uma corrida para alcançar seus concorrentes também na América Latina. A montadora lamenta ter perdido décadas de negligência que os deixaram em desvantagem no mercado automobilístico da região. Na ocasião, o diretor-presidente da Toyota na América Latina e Caribe disse em entrevista ao The Wall Street Journal: "Nós estamos correndo atrás do prejuízo, mas estamos fazendo isso rápido”, disse o americano.

Leia também:  Recall Chrysler Town & Country - Ano e modelo 2013

Vale lembrar que no Brasil a montadora não está sequer entre as cinco maiores.

Por Ageu da Rocha

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *