Volkswagen pode deixar de produzir a Parati





A Volkswagen não vende mais a Station Wagon Parati a pessoas físicas. As concessionárias da marca já nem se dão ao trabalho de elencar o modelo entre suas ofertas de novos. No entanto, a posição oficial da fabricante é a de que a Parati continua a ser fabricada e vendida normalmente.

A afirmação da Volkswagen não desmente o que disseram alguns vendedores ouvidos pela UOL Carros nesta segunda-feira (dia 16 de julho): "Esse carro, agora, só vai para o governo", disse um. Outro falou em "venda a taxistas". A única possibilidade de uma pessoa física conseguir uma Parati seria por encomenda, resta saber se alguém teria ânimo para isso.




De acordo com Fenabrave, 1.986 veículos modelo Parati foram vendidos pela Volkswagen no primeiro semestre de 2012. Porém, do total, 1.966 foram vendidos a pessoas jurídicas, ou seja, 99% das unidades. Somente 20 carros foram para pessoas físicas. Isto leva à conclusão de que o modelo é utilizado mais para frota de empresas.

Já em 2011, a disparidade não foi tão grande. Foram vendidos 4.813 veículos, mas 60% foram para pessoas jurídicas. No ano anterior, 2010, a marca comercializou 7.025 Paratis, mas 3.849 foram para pessoas jurídicas (55%).


Dados não oficiais dão conta de que a produção do modelo pode acabar. O rumor ganhou expressão sobretudo com a possibilidade da marca produzir um Gol Geração 5, o que poderia significar a extinção do Gol Geração 4 e, consequentemente, de sua plataforma, que é a mesma da Parati.

Os consumidores e especialistas aguardam a notícia, que pode vir na terça-feira, dia 17,  quando a Volkswagen apresenta novidades em Florianópolis (SC). Algum palpite?

Por GGV

Compartilhe esta notícia