Projetos usam Carros Elétricos para Reduzir a Emissão de Poluentes nas Cidades




Aquecimento Global, Poluição Ambiental e Trânsito. Eis três problemas que estão com seus dias contados. Em 2050, estima-se que mais ou menos 70% da população mundial viverá em cidades, e com este aumento, terão de ser adotados novos meios sustentáveis para a vida no planeta.

Nos Emirados Árabes, já existe uma ''cidade modelo'' em construção. Masdar, em Abu Dhabi, ficará pronta daqui a 14 anos e com aproximadamente 50 mil habitantes, será uma cidade sem carros convencionais. Por lá só circularão carrinhos elétricos chamados Pods, que serão impulsionados por trilhos magnéticos. A intenção do projeto é extinguir a emissão de gases poluentes como o dióxido de carbono.


Já em Paris, na França, há um projeto bem parecido. Chama-se Autolib, um programa de compartilhamento de carros elétricos e não magnéticos (de aluguel) com a intenção de reduzir a emissão de poluentes, já que para a ''extinção''da mesma seria necessário um investimento muito maior, planejamento e anos para a adequação das cidades.

Os carros são totalmente silenciosos, por isso, possuem um alerta que pode ser ativado pelo motorista caso haja necessidade.

Mas apesar da sustentabilidade, ainda existem controvérsias. O maior partido verde da França alertou para o uso exagerado de energia que os carros trarão às usinas nucleares do país. Além disso, o final de vida útil das baterias também preocupa o partido, já que o descarte das mesmas traria o perigo da radioatividade à população. 


Para ler um pouco mais sobre o assunto, clique aqui.

Por Vânia Beatriz Ruperti

Compartilhe esta notícia