Projeto de Lei pode Proibir Qualquer Concentração de Álcool para Motoristas



Devido ao constante aumento de acidentes automobilísticos, onde dezenas de pessoas morrem todos os dias nas grandes metrópoles, os políticos brasileiros estão começando a tomar medidas drásticas para acabar com o abuso dos motoristas de carros, caminhões, motos e transportes coletivos.

Nesta quarta-feira, dia 9 de novembro, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), que faz parte do senado, aprovou e enviou para a Câmara dos Deputados, um projeto de lei onde o Código de Trânsito se torna mais duro para os motoristas que costumam ingerir bebida alcoólica na hora que vão dirigir.



Atualmente a lei permite que o motorista conduza o veículo com no máximo 6 decigramas de álcool por cada litro de sangue, mas, o projeto proíbe terminantemente qualquer concentração de álcool ou outra substância que possa alterar os reflexos do motorista.

De acordo com o projeto, se o motorista alcoolizado se negar a fazer o teste do bafômetro, os policiais das blitz poderão conseguir provas através de documentos, imagens ou testemunhos.



Em resumo, se o projeto de lei for aprovado também pela a Câmara dos Deputados, com certeza os acidentes de trânsito diminuirão muito, e no caso de algum motorista desrespeitar a lei, terá muito mais chances de ir para a cadeia.

Por Fernanda Oliveira

Leia também:  Venda de carros usados registrou alta em 2014 e deve aumentar em 2015

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *