Carro flex ainda é vantagem para o consumidor?





Com o aumento da produção do etanol, os carros brasileiros têm sido fabricados no modelo flex, utilizando tanto o álcool quanto a gasolina. Para o consumidor era muito vantajoso, pois o preço do biocombustível era bem mais barato que o da gasolina, além de ser menos poluente. No entanto, com o aumento do preço do açúcar, principalmente por causa da Índia, que demandou mais cana por conta da seca, o etanol teve um elevado aumento em seu preço.

Por isso, de 2009 para 2010, houve uma queda de 2,9% na venda do combustível. A gasolina rende 30% a mais que o álcool e, ao fazer a conta, o brasileiro descobriu que compensava utilizar o derivado do petróleo.




No entanto, para esse ano, há estimativas de que o preço do etanol diminua, pois a produção nacional aumentará. Por isso, é vantagem possuir um carro flex pois os preços no Brasil sempre variam.

Por Flávia Yoshitani


Compartilhe esta notícia