Dicas para vender o seu carro usado





Na hora de vender o seu veículo, há algumas precauções que fazem toda a diferença ao justificar um preço mais elaborado para o comprador.

Guardar todas as notas fiscais de melhorias e consertos feitos no carro desde que o adquiriu é uma dica. Além de conferir credibilidade sobre a história do veículo, comprova o valor do investimento feito nele.  No entanto, convém manter uma oficina mecânica de confiança para assinar os reajustes. Guardar o manual do carro e registrar todas as alterações também contribui para o apreço de quem está em busca de carros usados.




Já no que condiz à aparência, os pequenos detalhes pesam bastante para quem avalia se o automóvel foi bem cuidado pelo antigo dono. Botões que haviam caído, tapetes rotos e outros acessórios devem ser trocados. Chegar com o carro lavado também é fundamental para quem quer repassar a propriedade.

Por Karina Gonçalves


Compartilhe esta notícia