Recall da Fiat – Mobi, Uno, Strada, Uno, Palio e Grand Siena.

Problemas na Bobina de ignição.

Quem compra um carro zero quilômetro já sabe que nem tão cedo ele apresentará problemas e muito menos precisará passar pela oficina mecânica, como é o caso que acontece com carros mais rodados que frequentemente apresentam problemas e requerem mais atenção para poderem rodar com segurança.

Contudo, é mais comum do que pensamos, os carros novos recentemente tirados das concessionárias precisarem passar por algum reparo em decorrência de problemas gerados na sua fabricação. São os populares recalls.

E falando em recall, a FIAT acaba de anunciar mais um recall para reparo de um problema de fabricação em oito de seus modelos que rodam no Brasil.

Segundo informações da montadora italiana, esses veículos, que se somam em 5.802 unidades, apresentam problemas elétricos na bobina de ignição.

Dentre os modelos que possuem a falha está a versão de entrada da Fiat,o popular Mobi, que é o modelo com mias unidades que devem ser reparadas, somando-se 4.131 unidades. O segundo modelo com maior número de unidades a serem reparadas é o Uno 1.0 com o total de 1.313. Do modelo Palio Weekend 1.6 e 1.8 são 104 unidades. Do Fiat Dobló são 98 unidades a serem reparadas. Strada 1.6 e 1.8 são 83 unidades e logo depois vem o Punto 1.6 e 1.8 com 46 unidades e Novo Palio 1.0 com 26 unidades e por último uma única unidade do Grand Siena 1.6.

Os proprietários de veículos desses modelos devem estar atentos ao ano em que foram fabricados, uma vez que os automóveis que precisam passar pelo recall foram fabricados nãos anos de 2016/2017.

Não é a primeira vez deste ano que a Fiat convoca seus modelos para recall no Brasil. Aliás, a primeira vez aconteceu no mês de abril, quando nove modelos da fabricante tiveram que passar por reparos, inclusive outra versão de entrada da marca. Os modelos também eram do ano de 2017.

Mas voltando ao recall atual, o motivo para realização do reparo, como já foi mencionado, está na bobina de ignição. Na realidade, trata-se de uma falha na parte elétrica da bobina que necessita ser trocada.

A Fiat informou que essa falha que compromete o funcionamento desta bobina de ignição pode acabar levando ao desligamento de forma repentina do motor do veículo e o pior, podendo acontecer quando o automóvel estiver em movimento, podendo ocasionar o risco de acidente por meio de colisão, colocando em risco a integridade física e a vida de seus ocupantes.





Essa bobina é responsável por transformar os 12 volts que a bateria possui em uma tensão maior que 30.000 V. Assim, a tensão sofre uma transferência para as velas que levam a geração de uma faísca que leva a mistura de ar-combustível a ficar em combustão na parte inferior do motor.

Diante disso, a Fifa disponibiliza um número de telefone para o qual os proprietários de veículos que pertencem a esse grupo podem ligar a partir do da próxima segunda-feira ,dia 13 do mês de novembro, para quem um agendamento de reparo seja feito. Sendo assim, ligue para 0800 707 1000.

Como se tratam de muitas unidades, a passarem pelo recall, a Fiat não estipulou uma data final para que os veículos sejam apresentados às concessionárias. Aliás, enquanto existirem carros com esse problema o recall não será encerrado.

Segundo os engenheiros e mecânicos da montadora italiana, a troca da bobina é um reparo que deve durar até uma hora e será gratuito.

Dessa forma, por uma questão de segurança é recomendável que nenhuma unidade fique de fora.

Acesse http://www.fiat.com.br/ja-tenho-um-fiat/fiat-recall/recall.html e saiba mais informações sobre o recall Fiat.

O recall é um direito que o proprietário possui, qualquer problema em relação a isso deve ser comunicado ao Procon.

Sirlene Montes



Compartilhe esta notícia