Amortecedores do Carro – Quando Trocar, Sinais de Problema e Dicas de Manutenção

Saiba aqui os principais sinais de que está na hora de trocar o amortecedor do seu carro.

As molas e amortecedores de seu carro estão em bom estado?

Responder a essa pergunta é mais difícil do que parece. Embora o conhecimento popular indique que balançar o veículo mais ou menos na altura do porta-malas é suficiente para saber se os amortecedores e molas estão bons, a realidade não é bem por aí. A resistência do conjunto varia de carro para carro.

Para ter uma resposta precisa é necessário realizar uma investigação mais complexa. Apesar de o conjunto de suspensão parecer ser simples, ele não é. As molas e amortecedores não podem ser negligenciados, pois além do seu alto valor financeiro, há ainda a questão da segurança.

Como identificar os sinais?

Uma voltinha no quarteirão atento a estas dicas pode ajudar muito: Leves trancos do veículo durante a condução, instabilidade, oscilações incomuns em curvas, balanço em frenagens ou acelerações, bem como ruídos e vibrações são sinais de que a saúde de seu automóvel não está como deveria. É importante ainda verificar o estado dos pneus e qual o nível de desgaste.

Qual a relação destes sinais com as molas e amortecedores?

Bom, cada peça de um carro tem sua função. As molas são responsáveis pela sustentação do automóvel e também colaboram na absorção de impactos. Já os amortecedores possuem o dever de controlar a movimentação das molas. Quando as coisas não estão como deveriam, o carro passa a apresentar sinais visuais, tais como: suspensão mais baixa do que o habitual ou até mesmo arriada.





Para tanto, é preciso dar uma olhada, ainda que visual, a fim de verificar se as molas estão oxidadas ou deformadas. Nos amortecedores, fique atento a anomalias nos tubos, fixações, buchas, guarda-pó e observe também se não há nenhum vazamento aparente.

Manutenção em Dia

Como todos já sabem, a melhor forma de prevenir acidentes é através da manutenção regular. Para os amortecedores, recomenda-se 02 trocas a cada substituição das molas. Apesar de os especialistas sugerirem uma inspeção a cada 40.000 km, a vida útil varia em conjunto com outros fatores, como por exemplo, condições das vias, maneira de dirigir, entre outras.

Máquinas que realizam Avaliação

Se ainda assim o proprietário do veículo não estiver seguro de sua decisão, existem equipamentos especializados que verificam o estado de suspensão. Os fabricantes Cofap e Nakata possuem essas máquinas e as disponibilizam aos interessados. Os testem duram de 10 a 20 minutos, usualmente costuma ser gratuito, no entanto, alguns lugares podem cobrar pelo serviço.

Atenção às fraudes

É verdade que nesse ramo existem muitos picaretas e, portanto, é sempre bom ficar de olho! Peças usadas vendidas como novas são o golpe mais comum do mercado. Para não entrar em uma fria, exija sempre certificado de garantia e nota fiscal do produto.

Por Beatriz



Compartilhe esta notícia